Buscando iluminação, monge fica nove dias sem comer, beber e dormir


por ter concluído com sucesso a prova ritualística de resistência, monge Kogen Kamahori se tornou uma encarnação de Buda, segundo crê.

22/ 10/ 2015 - Um monge budista japonês concluiu ontem um ritual de nove dias durante o qual deixou de comer, beber e dormir, além de ter cantado 100 mil sutras. O sacrifício faz parte de um treinamento espiritual que o monge Kogen Kamahori, de 41 anos, começou em 2011. Sua preparação só deve terminar no fim de 2017.

OKamahori foi a primeira pessoa que completou a prova em oito anos. O teste de resistência completado com sucesso ontem o converteu numa encarnação de Buda, segundo as crenças de seu templo, informou o jornal japonês Asahi.

O ritual é considerado a parte mais dura de um treinamento de sete anos, que inclui a obrigação de caminhar durante mil dias não consecutivos ao redor do monte para alcançar a iluminação. Kamahori caminhou durante 700 dias ao redor do monte antes de começar seu jejum.


AGRADECIMENTOS:

Foto: Toru Yamanaka
Agência Noticiosa France Presse



PROF. MICHEL NO SEU CELULAR! Baixe grátis o novo aplicativo do Esotérico Professor Michel no seu celular. Utilize o endereço http://app.vc/esoterico_prof._michel no navegador de seu smartphone ou fotografe o código ao lado com um aplicativo leitor de códigos QR.





https://www.facebook.com/EsotericoProfessorMichel


Ver mais textos  Indique esta notícia para um(a) amigo(a)


  Política de privacidade do site  |  Entre em contato  |  Sobre Piracicaba  |  Sala de Imprensa  |  Criação evernet