Brasil terá 30 novos santos a partir de outubro

21/ 04/ 2017 - O papa Francisco anunciou ontem que canonizará, no dia 15 de outubro, no Vaticano, os primeiros mártires brasileiros.

São os sacerdotes André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro e o laico Mateus Moreira, além de outros 27 fiéis assassinadas em 1645, durante o período das invasões holandesas.

Para que sejam canonizados, os mártires brasileiros não necessitaram nenhum milagre, apenas o parecer positivo dos membros da Congregação para as Causas dos Santos, que reiteraram que o assassinato foi por “ódio à fé”.

Os massacres foram executados por índios tapuias e soldados holandeses, sob comando de Jacob Rabbi, alemão a serviço da Companhia das Índias Ocidentais.

As primeiras vítimas foram mortas em 15 de julho, durante missa celebrada pelo padre Ambrósio Ferro. Após a consagração da hóstia, a tropa holandesa trancou as portas da igreja e, após sinal de Rabbi, os índios chacinaram os fiéis.

Outro grupo, no qual estava o padre André de Soveral, foi massacrado em 3 de outubro. O camponês Mateus Moreira teve o coração arrancado pelas costas, enquanto, segundo a tradição, repetia a frase “Louvado seja o Santíssimo Sacramento”.

Os beatos já são santos populares, com celebrações em quatro paróquias no Rio Grande do Norte.




ACEITAMOS E AGRADECEMOS SUA DOAÇÃO (QUALQUER VALOR) PARA AJUDAR A MANTER ESTE SITE SEMPRE ATUALIZADO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA DOAR:





Ver mais textos  Indique esta notícia para um(a) amigo(a)


  Política de privacidade do site  |  Entre em contato  |  Sobre Piracicaba  |  Sala de Imprensa  |  Criação evernet