Argentina tem 1.º Fórum sobre óvnis e reivindica liberação de arquivos

05/ 10/ 2013 - A prefeitura da cidade argentina de Rosario foi palco recentemente de um fórum para debater sobre os crescentes avistamentos de óvnis na Argentina.

A Comissão de Estudos do Fenômeno Óvni da República Argentina (Cefora), que patrocinou o debate, reivindica desde sua criação, em 2009, dos relatórios sobre Óvnis em poder das forças armadas.

Há mais de 20 de países no mundo todo que já apostaram na desclassificação deste tipo de arquivos. Entre eles o Brasil, mas também Estados Unidos, Espanha e França estão na lista de países que divulgaram informação sobre este tipo de casos. Em outros como Chile e Uruguai existem inclusive comissões específicas que estudam estes fenômenos, por isso que a Cefora tenta fazer com que a Argentina "não fique atrás".

FOZ DO IGUAÇU - Enquanto isso, o Brasil segue debatendo com firmeza a temática extraterrestre. Os Óvnis não apareceram durante a vigília de 2012, mas os organizadores do Fórum Mundial de Ufologia gostaram tanto de Foz do Iguaçu que vão repetir a dose: entre 21 e 24 de novembro, eles voltam para mais um encontro.

O 2° Ufoz - Fórum Mundial de Ufologia também ocorrerá no Hotel Golden Tulip. A vigília astronômica internacional – aquela para flagrar discos voadores e assemelhados – será no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), porque fica ao lado da barragem da “monumental hidrelétrica e em ambiente de grande magnetismo”, como explica o material de divulgação do encontro.

No ano passado, o fórum reuniu em Foz do Iguaçu 34 conferencistas de 12 países. O destaque deste ano será o americano Stephen Bassett, ativista pela liberdade de informações ufológicas. No evento, ele defenderá a proposta de que os assuntos sobre exopolítica sejam discutidos nas Nações Unidas.

(Com informações dos portais Terra e Click Foz)






https://www.facebook.com/EsotericoProfessorMichel

ACEITAMOS E AGRADECEMOS SUA DOAÇÃO (QUALQUER VALOR) PARA AJUDAR A MANTER ESTE SITE SEMPRE ATUALIZADO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA DOAR:





Ver mais textos  Indique esta notícia para um(a) amigo(a)


  Política de privacidade do site  |  Entre em contato  |  Sobre Piracicaba  |  Sala de Imprensa  |  Criação evernet